PRODESP - IPVA (2005)

Este projeto visou a implantação de um modelo eletrônico para o processamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores - IPVA, resultando na redução drástica de custos.

A implantação deste modelo eletrônico levou o Estado de São Paulo a uma economia de R$ 14,81 por processo, resultando em uma redução de cerca de 90% no custo por processamento.

Para o cidadão, o diferencial de custos é ainda maior: antes da modernização, para licenciar seu veículo, era preciso pagar R$ 68,00 a um despachante ou ir pessoalmente ao DETRAN, o que gerava custos da ordem de R$ 56,00, considerando-se as horas de trabalho perdidas em fila, o deslocamento até os postos de licenciamento, entre outros custos. Com a inovação, este trâmite não é mais necessário, já que o cidadão pode pagar seus tributos via internet e o custo médio é estimado em apenas R$ 10,00. Sendo assim, estabelecendo-se uma média de acordo com a forma de pagamento, o custo passa a ser de R$ 19,26, o que representa uma economia de 70% nas transações.

Em termos absolutos, a inovação e a mudança de procedimento gerou uma economia anual de R$ 785 milhões, até o período estudado.