GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS (2006)

Este projeto teve como objetivo a avaliação de impacto econômico da inovação com ações de governo eletrônico, incluindo temas como compras públicas, burocracia e telecomunicações.

Compras públicas
O desenvolvimento do projeto de "Compras Governamentais do Estado de MG" incorpora análise, avaliação econômica e orientação estratégica do modelo de compras do Governo do Estado de Minas Gerais.
Com o estudo do processo de inovação, foram analisados os processos de compras que chamamos tradicionais e que contemplam ações que requeriam atividades presenciais dos responsáveis (custo processo "Tradicional") e eram realizadas com suporte em papel, para um novo modelo de gestão de processos, com as ferramentas de governo eletrônico implementadas, onde o processo remodelado é realizado eletronicamente (custo processo "Inovado").


Lig-Minas – Call Center de serviços públicos
O projeto Lig-Minas compreendeu a análise de todas as atividades que compõem o processo de disponibilização de informações sobre serviços públicos no Estado de Minas Gerais, através de centrais de atendimentos, denominadas de call centers. O estudo contou com a análise da estrutura de custos do processo em duas modalidades: tradicional, onde os call centers estão presentes nas próprias Secretarias ou órgãos do Estado, prestando informações sobre seus próprios serviços, e a forma inovadora, o Lig-Minas, onde informações sobre os serviços de diversas Secretarias e órgãos podem ser obtidas através de um único número telefônico. Ao final, foi calculada a economia obtida para o governo com esse programa, momento em que as informações sobre os serviços prestados pelo Estado migraram para um canal unificado.

Minas Fácil
Neste projeto avaliamos os impactos econômicos causados pela inovação no processo de abertura de empresas no Estado de Minas Gerais. A estratégia de construção do Minas Fácil se relacionou estreitamente à iniciativa de reunir no mesmo espaço físico o conjunto de tramites necessários para abrir uma empresa. O passo seguinte foi o de migrar, paulatinamente, para a prestação de serviços via web e integrar as bases de dados do projeto, de modo a construir efetivamente um sistema de guichê único de atendimento, permitindo a eliminação de estruturas burocráticas separadas por estruturas administrativas.

Medidor da economia
Confluindo as análises realizadas nos projetos anteriores, foi desenvolvido e implementado o "Medidor da Economia", que reúne os resultados econômicos dos estudos realizados, com o diferencial de custos dos processos tradicionais e os inovados.
Este mecanismo alimenta o índice que movimenta o Medidor e que informa, periodicamente, o montante que o Estado e a sociedade civil estão economizando graças à utilização dos novos processos.